domingo, 26 de outubro de 2008

S

sol...
silêncio...
serenidade...



sou só
senhora dos sons
sábia dos silêncios
sôfrega na saudade...

semeio searas na solidão
sinal singular...


fica por aí... no ar....

3 comentários:

prafrente disse...

Sol
Silêncio
Serenidade

O Sol e o Silêncio existem em abundância na natureza...mais dificil é alcançar a Serenidade...mas não é impossivel...devagar se vai ao longe.

Boa semana

OLHAR VAGABUNDO disse...

hummm...gostei deste poema...

beijo vagabundo

EC disse...

Simplesmente sereno e sublime.

Numa estrada sem "SS", vou criar um caminho até cá ***