sábado, 13 de dezembro de 2008

Abraço

escorre dos dias
esse resíduo
que cheira a vida
e que me impregna
a pele

traço a traço

na boca um leve sorriso
nos olhos
a imagem fugidia
dum abraço.

1 comentário:

Zeze disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.