sexta-feira, 30 de maio de 2008

Quadras imperfeitas

No correr dos dias seguidos
cinzentos nos movemos
guiados pelos sentidos
sedentos do que não temos

permanente insatisfação
que nos inquina os dias
cegos ao que nos dão
surdos a melodias

dias assim, de estagnação
em que tudo parece baço
em que tudo parece vão
em que questiono o que faço.

6 comentários:

Narrador disse...

Quadras imperfeitas...e eu estou aí algures?

Laura Antunes disse...

Gostei mto do que li...
Feliz por ter descoberto este tanto de ti.
Beijo laura

Só Eu disse...

Texto muito bonito. Gostei. Vou voltar

scaramouche disse...

:)

gostei.

scaramouche.

patricia disse...

Gostei das poesias, das rimas e dos desenhos que elas fazem na página. Continue escrevendo.

Álvaro Reis disse...

A mim parecem-me perfeitas... :)