sábado, 29 de setembro de 2007

Política, hoje...

Chove... O que eu gosto destas primeiras chuvas, do cheiro que exala a terra molhada, de ver a chuva cá do lado de dentro.
Este foi um grande Verão, pensando bem.. À minha estação chegou gente muito interessante, daquelas pessoas que se demoram, que ficam e que voltam e que nos põem um brilho nos olhos.
Hoje também é um dia importante e essa importância tem a ver com uma actividade minha que nunca foi aqui aflorada... A política. O meu partido mudou de liderança e espero que para melhor, ainda não perdi a capacidade de acreditar que se pode melhorar. Pelo menos gostei de ver uma votação em que cada um pôde escolher quem queria e não fazer-se representar por um qualquer que votaria de acordo com sabe-se lá quê. Fico a aguardar. Continuo a achar que a política não é essa coisa que se vê para aí e que faz afastar tanta gente. A política é o serviço aos outros, e quando assim não é trai-se a sua essência.
Gosto desta chuva, algures por aí, anda alguém para quem os pingos de chuva caem na mesma cadência dos meus... É bom sentir isso.

3 comentários:

Dulce Alves disse...

Costuma dizer-se que a chuva quando cai em dias festivos (como em dia de casamento)é chuva que abençoa... Que assim seja!

Partilhamos uma coisa: a esperança. A tal capacidade de acreditar que é possível fazer melhor. E é mesmo!

patio disse...

O seu comentário no blog do PSL levou-me até a este blog. Se é quem penso, bem-vinda cara vizinha.

pedro O.

Ms. Narciso disse...

Tive pena que o seu voto não se tenha concretizado na urna contribuindo para aumentar a diferença aqui em Porto de Mós... mas águas passadas não movem moínhos e este blog é dedicado à literatura e à exaltação das emoções que as palavras podem transmitir. É bom sentir que há quem acredite que a política é uma actividade nobre e que pode e deve ser aglutinadora de homens e mulheres que se juntam numa causa comum: construir o presente;assegurar o futuro dos nossos descentes. Cara amiga e companheira , vamos a isso!